Padre Paulo Barbosa resgata a caminhada dos Encontros de Comunicadores

Padre Paulo Barbosa

Desde 2015, os comunicadores da arquidiocese celebram o Dia Mundial das Comunicações de uma forma diferente, participando do Encontro de Comunicadores com o arcebispo. Neste ano, o encontro, que estava agendado para o próximo sábado (23), foi cancelado devido à pandemia da Covid-19.

Com cinco edições realizadas, o encontro nasceu da articulação do Departamento Arquidiocesano de Comunicação (DACOM) em integrar os vários comunicadores desta Igreja particular. “Temos um pluralismo de comunicação e de comunicadores na área pastoral, social e cultural, nas obras pastorais, nos meios de comunicação e muitos dão o seu espaço para a comunicação arquidiocesana. O encontro nasceu para fortalecer a abertura da Igreja, na pessoa do arcebispo, com seu rebanho. Encontrar o bispo com seu rebanho é mostrar que a comunicação na arquidiocese tem também sua forma de organizar e de orientar a comunicação pastoralmente”, afirmou o diretor do DACOM, padre Paulo Barbosa. Segundo ele, o evento também tem como objetivo celebrar o Dia Mundial das Comunicações.

O presbítero destacou que além de um espaço de interação, o encontro é um lugar de formação. “Esse encontro tem uma proposta de formação dos comunicadores, do ponto de vista eclesial, ético e, de acordo, com os pensamentos da Igreja para as comunicações sociais. Ele também serve para alicerçar o compromisso da comunicação cristã e católica, em relação aos meios de comunicação social, na transmissão da verdade, da responsabilidade e também a palavra da Igreja em relação a sua ação no mundo”, disse.

Padre Paulo avaliou todos os encontros como positivos. “Eles fortaleceram a participação dos comunicadores, a abertura dos comunicadores diocesanos à mensagem da Igreja. Em todas as edições tivemos uma presença importante dos vários tipos de comunicadores presentes no território da arquidiocese”, disse.

“Temos uma arquidiocese grande territorialmente, mas magnânima nas suas expressões pastorais, culturais, sociais e o encontro de comunicadores retrata essa imagem da arquidiocese, de acordo com o dom de cada comunicador existente. Temos uma imensidão de comunicadores que nem são conhecidos, mas estão representantes nas paróquias, comunidades e movimentos, e os mesmo participando do encontro relatam suas experiências e a riqueza particular da arquidiocese de Mariana a partir do seu ponto do trabalho de cada comunicador”.

As duas primeiras edições do Encontro de Comunicadores foram realizadas em Congonhas, na Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, as três últimas edições foram realizadas em Mariana, no Seminário São José e na Faculdade Dom Luciano, respectivamente.

Posted in Artigos.