Grupos de Reflexão: um jeito de ser igreja

Para que sejamos uma Igreja Viva, precisamos estar unidos a Cristo de tal forma que participemos de seu modo de ver o mundo, do seu jeito de se relacionar com o Pai e do seu compromisso com a vida para todos. O Grupo de Reflexão nos ajuda a fazermos este encontro com Jesus, pois nos reunimos em torno da Palavra de Deus. É comparado à mata da nascente, que, cercada de árvores, permite a formação de pequenos “olhos d’água”, e assim garante a vida do rio.

Em um dos encontro de formação, com o João Rezende, refletimos sobre a importância dos Grupos de Reflexão. O Sr. José Egydio, da comunidade Sagrado Coração de Jesus (Paraíso), os comparou aos microrganismos envolvidos na compostagem, técnica em que os microrganismos, após serem cuidadosamente cobertos, transformam a matéria orgânica, isto é, restos de comida, estrume e folhas secas, em adubo.

Jesus nos deixou o grande exemplo de como valorizar a “compostagem”, uma vez que não fazia distinção entre as pessoas. Ao escolher os doze Apóstolos (Mc 3,13-19) não o fez pelo que cada um era, mas pelo que seriam a partir do discipulado. Aos nossos olhos, vários deles não possuíam perfil missionário, mas Ele soube valorizar e aproveitar o que cada um trazia de bom dentro de si. A partir da convivência e do aprendizado que adquiriram com Jesus, tornaram-se grandes evangelizadores.

O Grupo de Reflexão também deve ser um lugar onde cada membro tenha seu espaço e seu valor. Lembremos sempre que, dentro dos frutos que caem das árvores, dando a sensação de estarem podres, existem sementes que, sendo acolhidas, estão prontas para germinar e dar belos frutos! Participemos dessa compostagem acolhendo cuidadosamente a Palavra de Deus, e junto com ela, cada membro dos grupos de reflexão de nossas comunidades.

Venha você também fazer parte desta família. Os grupos de reflesão de nossa paróquia, acontem todas as segundas-feiras, nas casas de nossas comunidades.

Posted in Convite and tagged , , , , .

One Comment

  1. Que felicidade teorms um bispo como Dom Jose9 Cardoso, ainda mais eu, que fui crismado por ele.Jorge, todos os dias tenho uma rotina: Ao levantar, preparo um bom copo de cafe9, sento de frente ao computador e visito alguns sites da Internet. O teu blog certamente e9 um deles. Ele e outros sites, como o VS, tem me ajudado no caminho de volta e0 Igreja. Ne3o e9 um percusso fe1cil, mas tenho a felicidade de iniciar esse caminho assistindo a Missa no Rito Tridentino.Parabe9ns!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.