Autoridades Eclesiásticas

1 – Sumo Pontífice

papafrancisco

O Romano Pontífice, como sucessor de Pedro, é o perpétuo e visível princípio e fundamento da unidade quer dos Bispos quer da multidão dos fiéis. (Lumen Gentium, 23)

Francisco (em latim: Franciscus), cujo nome de batismo é Jorge Mario Bergolio . Nasceu em Buenos Aires aos 17 de dezembro de 1936. É o 266.º Papa da Igreja Católica e atual chefe de estado do Vaticano, sucedendo o Papa Bento XVI, que abdicou ao papado em 28 de fevereiro de 2013.

É o primeiro papa nascido no continente americano, o primeiro pontífice não europeu em mais de 1200 anos e também o primeiro papa jesuíta da história. Tornou-se Arcebispo de Buenos Aires em 28 de fevereiro de 1998 e cardeal-presbítero em 21 de fevereiro de 2001. Foi eleito papa no conclave em 13 de março de 2013.


2 – Núncio Apostólico

domGiovanni

Aos Legados do Romano Pontífice (Núncio Apostólico) é confiado o encargo de representar o Romano Pontífice, junto às Igrejas Particulares (dioceses) ou junto aos Estados e Autoridades públicas, aos quais são enviados. (Cf. cânon 363)

Dom Giovanni d’Aniello nasceu em Aversa, 5 de janeiro de 1955, é um arcebispo católico italiano e atual núncio apostólico no Brasil. Foi ordenado sacerdote em 8 de dezembro de 1978. É doutor em Direito Canônico. Ingressou no Serviço Diplomático da Santa Sé em 1983, tendo desempenhado a sua atividade junto às Representações Pontifícias do Burundi,Tailândia, Líbano, Brasil e Seção para as Relações com os Estados da Secretaria de Estado, no Vaticano. Foi nomeado núncio apostólico na República Democrática do Congo, em 2001, e em 2010, foi transferido para a Tailândia e Camboja. No dia 10 de fevereiro de 2012 o Papa Bento XVI o nomeou núncio apostólico no Brasil.


3 – Arcebispo de Mariana

DomGerarldo

Os Bispos que, por divina instituição, sucedem aos Apóstolos são constituídos, pelo Espírito que lhes foi conferido, pastores na Igreja, a fim de serem também eles mestres da doutrina, sacerdotes do culto sagrado e ministros do governo. (cf. cânon 375)

Exmo. e Revmo. Dom Geraldo Lyrio Rocha – Arcebispo Metropolitano de Mariana. Nasceu no dia 14 de março de 1942 em Fundão – ES. Recebeu a ordenação sacerdotal no dia 15 de agosto de 1967.

No dia 14 de março de 1984 o Papa João Paulo II o nomeou bispo auxiliar de Vitória, recebendo a sagração episcopal no dia 31 de maio de 1984. No dia 23 de abril de 1990, o Papa João Paulo II o nomeou primeiro bispo da diocese de Colatina – ES. E no dia 16 de janeiro de 2002 o Papa João Paulo II o nomeou arcebispo de Vitória da Conquista. O Papa Bento XVI o nomeou no dia 11 de abril de 2007, arcebispo de Mariana. Sua posse canônica aconteceu no dia 23 de junho de 2007. Durante a 45ª Assembléia Geral dos Bispos do Brasil, em Itaici, no ano de 2007, Dom Geraldo foi eleito Presidente da CNBB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.